'; '; 5 DICAS ESSENCIAIS PARA CRIAR PESQUISAS DE SATISFAÇÃO - R²M Eventos
R2M Eventos - Centro Empresarial TerraFirme, São José, SC

5 DICAS ESSENCIAIS PARA CRIAR PESQUISAS DE SATISFAÇÃO

por

Você fez um evento, mas não sabe exatamente quais os aspectos que mais agradaram as pessoas. Pior ainda: você não sabe quais foram as falhas e se as pessoas ficaram insatisfeitas com algo em específico. De maneira informal, alguns feedbacks chegaram até você, mas nada que pudesse revelar com exatidão os pontos fortes e, principalmente, os pontos fracos (aqueles que podem – e precisam – ser melhorados em uma próxima oportunidade).

 

A avaliação de eventos pode – deve! – ser realizada através de pesquisas de satisfação. Estas ferramentas permitem traçar um retrato sobre a satisfação e insatisfação do seu público-alvo e, principalmente, promover atitudes para que seu trabalho e esforços sejam cada vez mais assertivos. Os questionários são capazes de trazer resultados interessantes – até mesmo surpreendentes – sobre os aspectos que você deseja avaliar.

 

As 5 dicas essenciais para criar pesquisas de satisfação tornam sua elaboração e execução ainda mais simples e eficaz. Confira!

 

  1. Respeitar o tempo das pessoas

Você participa de um evento e recebe, algum tempo depois, uma pesquisa de satisfação. Sua primeira reação talvez seja de não respondê-la – ou deixá-la para depois –, mas você pensa melhor e começa lendo a primeira pergunta, a segunda, a terceira e, lá pelas tantas, vê que a pesquisa parece não ter fim. Você se sente cansado, começa a dar respostas inconsistentes – para se livrar o mais rapidamente da tarefa –, ou simplesmente desiste.

 

Ao elaborar uma pesquisa de satisfação, você deve pensar no tempo que as pessoas levarão para respondê-la. Ninguém quer gastar mais do que alguns minutos (talvez, no máximo, 5 ou 10) respondendo algo que, na verdade, não lhe interessa diretamente. O tempo das pessoas deve ser respeitado e, de fato, um questionário longo não contribuirá para o sucesso da sua pesquisa de satisfação.

 

  1. Fazer perguntas relevantes

A pesquisa de satisfação deve levar a uma compreensão exata dos pontos fortes e, principalmente, dos aspectos que precisam ser melhorados em seu evento. Você deve ser imparcial ao analisar as informações e estar preparado para os resultados negativos. É importante encarar os problemas como reais oportunidades de crescimento.

 

Invista em um questionário breve, mas que aborde aspectos indispensáveis ao pré-evento, evento e pós-evento. Faça perguntas relevantes, claras e objetivas. Evite termos que possam ter duplo sentido e/ou interpretação errada e não seja redundante.

 

  1. Utilizar métricas coerentes

Você realiza um evento e aplica a pesquisa de satisfação, afinal, é importante saber se as expectativas do seu público foram atendidas e o que pode ser melhorado. Uma das perguntas – As instalações do evento foram adequadas? – recebe respostas, a maioria, “ruim” e “péssimo”. Com o resultado em mãos, você sabe que algo precisa ser feito, mas não tem ideia se suas ações devem resolver problemas com limpeza, acesso, iluminação, ruídos, segurança e/ou conforto.

 

É importante utilizar métricas coerentes para que as atitudes tomadas sejam mais assertivas. Você precisa saber claramente não apenas o número de respostas “ótimo”, “bom”, “ruim” e “péssimo”, mas os motivos pelos quais elas foram escolhidas. No exemplo acima, uma simples modificação no questionário, possibilitando que a pessoa especifique o problema, traria uma resposta precisa e, portanto, possível de ser trabalhada com mais eficácia.

 

  1. Utilizar ferramentas on-line

Aproveite as ferramentas on-line gratuitas e deixe suas pesquisas de satisfação mais ágeis e interativas. As pesquisas on-line possuem recursos – modelos de questionários, relatórios e gráficos – que facilitam o cruzamento de dados e a análise das informações. Considere, também outros meios e dispositivos como e-mails, ligações telefônicas, SMSs, WhatsApp e redes sociais.

 

Faça uma pesquisa rápida na internet sobre “ferramentas de pesquisa on-line” e veja a variedade de opções disponíveis. O SuaPesquisa.com.br, por exemplo, permite criar pesquisas e formulários em apenas 3 passos e você pode usar a versão gratuita da ferramenta. O Survio, com dezenas de modelos disponíveis, promete a criação de pesquisas on-line fáceis, rápidas e gratuitas. Já o SurveyMonkey possui um “construtor de questionários” com componentes básicos gratuitos, sendo necessário fazer upgrade para obter recursos mais avançados.

 

  1. Dar algo em troca

Uma forma interessante de obter a adesão de pessoas para a sua pesquisa é oferecendo algo em troca. O participante gasta tempo respondendo o questionário e, ao final, recebe uma espécie de “brinde”.

 

Você não precisa fazer grandes investimentos, pois a ideia é utilizar produtos e serviços relacionados ao próprio evento. Os patrocinadores do evento podem contribuir – e divulgar a sua marca! –, disponibilizando itens interessantes. Você pode enviar algum material digital com informações relevantes para aqueles que responderam a sua pesquisa: dicas, estudos, análises e resumos são algumas opções. Também é possível promover sorteios de livros, ingressos para futuros eventos, entre outros.

 

Agora que você está por dentro das 5 dicas essenciais para criar pesquisas de satisfação para o seu evento, que tal colocá-las em prática?

 

Não perca mais tempo e… mãos à obra!
Gostou do conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Sobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *